Novidades

Professora Débora Engelmann, dos cursos de TI da Faccat, publica Artigos sobre Inteligência Artificial

Professora Débora Engelmann, dos cursos de TI da Faccat, publica Artigos sobre Inteligência Artificial

por Michele Pisoni -
Número de respostas: 0
Os artigos da professora Débora foram publicados neste mês de setembro. Dois destes artigos foram publicados na Revista de Direitos Fundamentais e Tributação (RDFT) e um no congresso 4ª Escola de Verão sobre Argumentação 2020, que ocorreu no início de setembro.  
 

ARTIGO

Inteligência Artificial no apoio à tomada de decisões no Direito Tributário

Resumo: Os casos de aplicação da lei tributária no Brasil têm uma grande parcela de responsabilidade pelas altas taxas de congestionamento judicial. Para ajudar a acelerar a resolução desses processos, estão sendo desenvolvidos aplicativos baseados em técnicas de inteligência artificial. Sabendo-se que a área do Direito possui certa resistência à adoção de sistemas automatizados, está sendo trabalhado em uma abordagem explicável que mostre ao usuário qual raciocínio foi usado para chegar à conclusão sugerida, o que permite que os especialistas jurídicos sejam responsáveis por tomar a decisão final.

Sobre a Revista RDFT

A Revista de Direitos Fundamentais e Tributação - RDFT é vinculada Programa de Pós-Graduação em Direito da Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul - PUC/RS.A RDFT tem por objetivo ser um meio de divulgação, intercâmbio e debate da produção científica dos docentes, discentes e pesquisadores do Direito Tributário e Financeiro. O enfoque principal da revista está no estudo da temática do Direito Tributário e Financeiro sob a ótica dos Direitos Fundamentais. A RDFT pretende-se constituir um foro privilegiado de debate para a apresentação das pesquisas recentes da área e órgão disseminador do conhecimento e da informação à profissionais, acadêmicos, docentes e interessados.

Fonte: http://www.rdft.com.br/revista
 

ARTIGO

Direitos fundamentais dos contribuintes, administração tributária e inteligência artificial

Resumo: O objetivo é analisar se a esfera de proteção dos contribuintes pode sofrer modificações em virtude da utilização da IA na fiscalização exercida pela administração tributária. Nesta perspectiva, expõe-se a hipótese de uso da inteligência artificial pela fiscalização tributária, bem como estabelece a fundamentação da esfera de proteção do contribuinte nos direitos fundamentais. Ao final define-se que o uso de tecnologias como a analisada promove uma alteração hermenêutica dos direitos fundamentais de forma que a esfera de proteção dos contribuintes seja potencialmente modificada.

Sobre a Revista RDFT

A Revista de Direitos Fundamentais e Tributação - RDFT é vinculada Programa de Pós-Graduação em Direito da Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul - PUC/RS.A RDFT tem por objetivo ser um meio de divulgação, intercâmbio e debate da produção científica dos docentes, discentes e pesquisadores do Direito Tributário e Financeiro. O enfoque principal da revista está no estudo da temática do Direito Tributário e Financeiro sob a ótica dos Direitos Fundamentais. A RDFT pretende-se constituir um foro privilegiado de debate para a apresentação das pesquisas recentes da área e órgão disseminador do conhecimento e da informação à profissionais, acadêmicos, docentes e interessados.

Fonte: http://www.rdft.com.br/revista

 

ARTIGO

Conversational Agents based on Argumentation Theory and Ontologies

Agentes de conversação baseados na teoria da argumentação e ontologias

Resumo: O objetivo do trabalho é desenvolver uma abordagem que apoie o desenvolvimento de sistemas de diálogo baseados em agentes BDI (Belief-Desire-Intention) para auxiliar o ser humano na tomada de decisões. A abordagem utiliza técnicas da Teoria da Argumentação e Ontologias como base para diálogos em linguagem natural. O objetivo é tornar a abordagem adaptável o suficiente para que possa ser aplicada em vários domínios. Para avaliação da abordagem, será desenvolvido um sistema baseado em agentes para apoiar a alocação de leitos, e outro para auxiliar em processos relacionados ao Direito Tributário.

Publicação em congresso: Proceedings of The Fourth Summer School on Argumentation: Computational and Linguistic Perspectives (SSA 2020)
 

Sobre a 4ª Escola de Verão sobre Argumentação

A Quarta Escola de Verão sobre Argumentação: Perspectivas Computacionais e Linguísticas (SSA 2020) ocorreu de 4 a 8 de setembro de 2020. O local original foi Castiglione del Lago - PG de 4 a 7 de setembro e a Universidade de Perugia, na Itália, em 8 de setembro. A escola está co-localizada com a 8ª Conferência Internacional sobre Modelos Computacionais de Argumento (COMMA 2020).

É o quarto evento da série Summer Schools on Argumentation, a primeira Summer School on Argumentation aconteceu na University of Dundee em 2014 no Reino Unido, a segunda aconteceu na University of Postdam em 2016 na Alemanha, e a terceira na Universidade de Tecnologia de Varsóvia, na Polônia. O principal objetivo do SSA 2020 é fornecer aos participantes uma base sólida em aspectos computacionais e linguísticos da argumentação e as conexões emergentes entre os dois. Além disso, os participantes ganharam experiência no uso de várias ferramentas para análise e processamento de argumentos.

Fonte: https://ssa2020.dmi.unipg.it

 

Matéria extraída do site da Faccat: https://www2.faccat.br/portal/?q=node/4667