Novidades

Alunos de Informática da Faccat participam de grande evento da Apple nos EUA

 
Imagem de Prof. Dr. Marcelo Azambuja
Alunos de Informática da Faccat participam de grande evento da Apple nos EUA
por Prof. Dr. Marcelo Azambuja - sexta, 10 jul 2015, 18:12
 
Muitos profissionais possuem um lugar mítico relacionado com a sua profissão. Normalmente, estes locais são uma cidade onde trabalhou alguém muito famoso ou alguma empresa histórica para os profissionais.

Rodrigo_Rafael_Apple
Foto: Rodrigo Nascimento e Rafael Streit (ambos à direita na foto)

Pois dois alunos do curso de Sistemas de Informação (Informática) da Faccat tiveram este prazer de forma dupla recentemente: participaram do maior evento para desenvolvedores de softwares da fascinante empresa Apple e conheceram o Vale do Silício, mítica região da Califórnia (EUA) onde ficam localizadas grande parte das maiores empresas de tecnologia do mundo, tais como Facebook, Google, HP, Intel, Microsoft e outras centenas de empresas na área de tecnologia, e onde trabalharam mitos como Steve Jobs e Bill Gates. Rafael Streit e Rodrigo Nascimento recém passaram da metade do curso de Sistemas, mas tiveram experiências que muitos profissionais com anos de mercado, certamente invejam. Os jovens tiveram a chance de participar do WWDC (Apple Worldwide Developers Conference), evento anual da Apple tão concorrido que é necessário participar de um sorteio para poder adquirir os ingressos.

É neste evento que a Apple anuncia os novos sistemas operacionais e recursos de softwares dos seus computadores Mac, iPhones e demais equipamentos. O evento acontece ao longo de uma semana inteira de junho, com mais de uma centena de apresentações técnicas feitas pelos engenheiros de software da empresa, premiações dos melhores aplicativos do ano, demonstrações práticas e muitas outras atividades - entre elas, claro, festas no final de cada dia, muitas delas oferecidas por empresas como Twitter e LinkedIn. Para quem é da área de TI (Tecnologia da Informação), provavelmente um dos melhores momentos no mundo para fazer amizades influentes, o networking profissional.

Neste sentido de amizades e relacionamentos, o Rafael pode conversar lá pela primeira vez com seus colegas de trabalho do sistema de relacionamento We Heart It, experiência relatada por ele como sensacional. Pôde conhecer o escritório e todo o pessoal com o qual ele trabalha remotamente há meio ano. Ele aqui em Taquara, seus colegas nos EUA. Vantagens da tecnologia e da Internet!

Já o Rodrigo conseguiu até foto com Tim Cook, atual presidente da Apple. Aliás, Tim Cook foi o primeiro presidente da empresa após a renúncia e posterior falecimento de Steve Jobs. Gigantesca responsabilidade. A história do ingresso do Rodrigo é meritória também. Para obter sua entrada, Rodrigo se aventurou em um concurso. São 350 vagas para estudantes de todo o mundo, e para ganhar algum desses ingressos, é preciso fazer um aplicativo "curriculum” falando sobre si. Esse aplicativo é avaliado e os melhores são escolhidos. Alguns dias após ter enviado o seu software, Rodrigo recebeu um e-mail da Apple avisando que havia ganhado o ingresso, bem como recebeu também ligações telefônicas para informar como proceder e como seria o evento. Foram mais de 40 brasileiros para a WWDC como estudantes, mais de 10% das vagas. O Brasil foi o segundo país com mais estudantes, apenas atrás dos EUA. Considerando o valor atual do dólar, e que esses alunos ganham apenas o ingresso, precisando arcar com todos os demais custos de transporte e hospedagem, os "brazucas” são realmente um fenômeno! Se bem que na hospedagem os alunos da Faccat puderam economizar um pouco, pois durante o evento ficaram hospedados na casa de um amigo brasileiro que trabalha e reside por lá atualmente, Josemar Luedke, que também estudou informática na Faccat por um tempo.

Para terminar ainda melhor a aventura, após o término do evento, aproveitaram para conhecer outras cidades e um pouco da história da computação. Foram na casa do Steve Jobs e na casa onde a HP foi fundada, na sede do Facebook, Google, Apple e como tinham um conhecido que trabalha no Netflix, conseguiram conhecer o escritório dessa empresa que está revolucionando a transmissão de séries e filmes no mundo.

Já de volta ao Vale do Paranhana, Rodrigo e Rafael seguem com suas rotinas de trabalho e estudo, visando se formar Bacharéis em Sistemas de Informação e conseguir repetir essa e muitas outras viagens mundo a fora, algo que para profissionais de TI é uma realidade muito palpável, pois as tecnologias e linguagens estudadas são universais. E para quem quiser conhecê-los e trocar ideias, podem facilmente ser encontrados também durante a Oktoberfest de Igrejinha, onde atuam - junto com outros colegas do curso de Sistemas de Informação - como bolsistas da Faccat no desenvolvimento e operação dos softwares administrativos dessa grande festa. Como pode-se ver, eventos, festas e viagens são com eles!